As ações visam a vigilância do espaço aéreo e terrestre, incluindo também a assistência médica e odontológica junto às comunidades, garantindo-se assim a defesa das fronteiras e a segurança e o bem-estar dos brasileiros.

A Operação Ágata está inserida no Plano Estratégico de Fronteiras, tendo sido criada pelo Governo Federal com o objetivo de prevenir e combater os crimes praticados em pontos chave do território nacional. As Forças Armadas atuam em conjunto com diferentes órgãos federais, estaduais e municipais com intuito de proteger os mais de 16 mil km de fronteiras brasileiras. As ações visam a vigilância do espaço aéreo e terrestre, incluindo também a assistência médica e odontológica junto às comunidades, garantindo-se assim a defesa das fronteiras e a segurança e o bem-estar dos brasileiros.

O 6º Grupo de Artilharia de Campanha (6º GAC), com sede em Rio Grande/RS, estará atuando a partir do dia 13 de junho na região sul do Rio Grande do Sul, município do Chuí e proximidades. Entre as atividades desenvolvidas, destacam-se os Postos de Bloqueio e Controle de Estradas (PBCE) nas rodovias e estradas, combatendo os ilícitos transfronteiriços, e Ações Cívico-Socias (ACISO).

Veja a programação das Ações:

17/06 – 10h às 16hEscola General Artigas: Ação Cívico-Social

(6º GAC e Prefeitura Municipal do Chuí): Atendimento médico e odontológico, palestras, confecção de documentos, corte de cabelo, atividades de recreação infantil, ponto de coleta para doação de roupas e alimentos.

Ao longo da Operação: Escola Marechal: Palestras e outras atividades a serem definidas.

Os militares do 6º GAC estarão percorrendo, a partir do dia 13 de junho, as ruas e as casas do Município do Chuí e localidades, divulgando informações de combate ao mosquito Aedes aegypti.

Fonte: Seção de Relações Públicas Sgt Diego Marques

Data de publicação: 13/06/2016

Créditos: Assessoria de Imprensa Prefeitura

Créditos das Fotos: Internet

Compartilhe!